Vereador pede esclarecimentos a Miguel Coelho sobre contrato de inexigibilidade de R$ 40 milhões

GABRIEL-MIGUEL Vereador pede esclarecimentos a Miguel Coelho sobre contrato de inexigibilidade de R$ 40 milhões
Gabriel Menezes realiza fiscalização ostensiva contra gestão Miguel Coelho.

O vereador da bancada de oposição, Gabriel Menezes (PSL), apresentará Requerimento nº 402/2017, nesta terça-feira (21), na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Petrolina, solicitando ao prefeito, Miguel Coelho, esclarecimentos sobre um contrato de prestação de serviço no valor de cerca de R$ 40 milhões.

A solicitação do parlamentar surgiu após, recentemente, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgar no Portal Tome Conta o contrato de inexigibilidade nº 63/2017 de processo nº 168/2017, onde a empresa Gomes Pereira Advogados foi a contemplada.

O curioso do contrato milionário é que no site do Tribunal de Contas a Prefeitura de Petrolina detalha apenas como ‘prestação de serviços técnicos e especializados’, não dando maiores detalhes sobre o serviço.

grafico-licitacoes Vereador pede esclarecimentos a Miguel Coelho sobre contrato de inexigibilidade de R$ 40 milhões
Dados sobre as modalidades de contrato da Prefeitura de Petrolina.

O Governo de Miguel Coelho realiza 47,7% das licitações na modalidade de inexigibilidade, enquanto concorrência representa 6,8%. Já a dispensa, representa 7,3%, tomada de preço 0,5% e pregação presencial 37,6%.

O requerimento, que o vereador de oposição impetra nesta terça-feira, pede esclarecimentos a Gestão Novo Tempo, além disso, detalhes sobre o edital que dispensa a licitação, tendo em vista o valor milionário do contrato firmado com uma empresa de advocacia da cidade de Maceió (AL).

tribunal-de-contas-petroina Vereador pede esclarecimentos a Miguel Coelho sobre contrato de inexigibilidade de R$ 40 milhões
Dados fornecidos pelo Portal do Tribunal de Contas. Foto: Reprodução.
Deixe seu comentário

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.