Sem honrar apoio a Augusto César, Romonilson aparece com João Campos e Diogo Moraes em caravana de Paulo Câmara

João Campos, Romonilson Mariano, Paulo Câmara e Diogo Moraes. Foto: Irmão Geo/Cortesia.

O prefeito de São José do Belmonte, Romonilson Mariano (PHS), deu para trás com o apoio ao deputado estadual, Augusto César (PTB), para as eleições deste ano.

Ontem, dia 2, o prefeito acompanhou a caravana do governador Paulo Câmara (PSB), no Sertão do Pajeú, e foi obrigado a entregar os nomes que apoiaria para corrida eleitoral, após o blog adiantar que os candidatos apoiados seriam João Campos (deputado federal) e Diogo Moraes (deputado estadual), ambos do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A estratégia de Mariano de manter diálogo com vários deputados passou a minar e, agora, seu governo está incluso na Frente Popular de Pernambuco, muito embora, seus adversários, o deputado federal, Sebastião Oliveira (PR) e deputado estadual, Rogério Leão (PR), ao longo do tempo, lhe rifaram de dentro desta aliança, especificamente, após o ano eleitoral (quem viver verá!).

Com essa movimentação, o outro deputado federal que será apoiado na cidade é Adalberto Cavalcanti (Avante) e Augusto César. Ambos, serão fortalecidos pelo cacife eleitoral do vice-prefeito, Antônio de Alberto.

Nos bastidores, fala-se que o chefe do executivo, ainda, irá direcionar algumas lideranças e vereadores para apoiar o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD). Entretanto, o mais prejudicado na matemática foi Augusto César, que poderia sair majoritário em Belmonte.

O Governador Paulo Câmara não conseguiu cortar por dentro a aliança, devido a rivalidade de Sebastião e Leão com Romonilson e Alberto; conseguiu por fora, e será majoritário, caso Marília Arraes (PT) não seja candidata.

Em Belmonte, João Campos e Diogo Moraes devem dobrar com o apoio de Romonilson Mariano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here