Rodrigo Novaes cobra reabertura de agência do INSS em Petrolândia

rodrigo-novaes-2 Rodrigo Novaes cobra reabertura de agência do INSS em Petrolândia
Segundo o parlamentar, a unidade está sem funcionar desde a última segunda (20), e o atendimento foi transferido para a cidade de Tacaratu. Foto: Roberto Soares

A retomada da prestação de serviços do Instituto Nacional de Serviço Social (INSS) na cidade de Petrolândia, Sertão do Itaparica, foi solicitada pelo deputado Rodrigo Novaes (PSD), no Pequeno Expediente desta quinta (23). A agência do INSS na cidade está sem funcionar desde a última segunda (20), e o atendimento dessa unidade foi transferido para a cidade de Tacaratu, a 23 km de distância.

“Petrolândia é o município mais populoso da região do Itaparica, mas o imóvel onde funcionava a agência não oferecia condições de trabalho para os servidores. Agora, a população está sendo obrigada a se deslocar para outra cidade para dar entrada no auxílio-doença, na perícia médica ou na aposentadoria”, relatou o parlamentar.

O deputado informou que se reuniu nessa quarta (22) com o superintendente do INSS em Pernambuco para tratar da situação. “Fui informado que um novo prédio exigiria um aluguel de R$ 3 mil, mas mesmo esse valor precisa ser autorizado pelo Ministério do Planejamento”, contou o parlamentar, que julgou “inaceitável” que um gasto de pequeno valor tenha esse trâmite. “Já encaminhei ofício para o INSS pedindo o máximo de agilidade para reabrir seus serviços em Petrolândia”, anunciou.

Memória – Novaes também registrou, nesta quinta, a morte do advogado Domingos Sávio, falecido nessa quarta no Hospital da Restauração. Ele morreu em decorrência de agressões sofridas no dia 15 de outubro, no centro de Serra Talhada, no Sertão. O suspeito de cometer o crime, preso em flagrante na ocasião, seria um cliente do advogado que não teria ficado satisfeito com o serviço prestado. “Quero registrar a dor pela perda de Domingos Sávio. E lamento a intolerância e a agressividade com que as pessoas têm se comportado”, declarou.

Deixe seu comentário