Para Odacy Amorim, PT estadual deve ter maturidade para tomar decisão

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) afirmou, nesta segunda-feira (11), que o Partido dos Trabalhadores em Pernambuco deve ter maturidade na escolha dos rumos eleitorais no estado. Ao lado do governador do Paulo Câmara (PSB), o petista assistiu a cerimônia de formatura dos de 278 bombeiros militares de Pernambuco.

“Nós temos que, internamente, construir uma solução de forma racional. Nós queremos o governo de Pernambuco, Ok, mas se isso tiver um custo muito grande pra nacional a gente vai ter que compreender. O que eu, Marília e José de Oliveira e Humberto temos que ter é maturidade pra não criar fissuras no partido. Hoje não temos nenhum deputado federal, aí já temos um dever de casa a fazer.”

O petista também comentou que a decisão da Executiva Nacional em priorizar alianças com PSB e PCdoB “seria uma coisa questionável”. “O que acontecesse no domingo teria que ser respeitado. Não se pode fazer um prévia, escolher um candidato, ou não, e mudar as regras do jogo”. No último domingo, o PT local realizaria uma reunião para definir entre candidatura própria ou uma aliança com o PSB, porém a decisão foi adiada para final de julho.

Por 19 votos contra cinco e uma abstenção, a Executiva Nacional do PT registrou que “está clara a primazia do projeto nacional sobre as disputas regionais”. A resolução submete as candidaturas e alianças estaduais à prévia autorização da cúpula partidária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here