Operários da Transposição do Rio São Francisco fazem protesto após atraso de salários, em Salgueiro

Na manhã dessa segunda-feira, dia 16, os operários da construtora EMSA – que prestam serviços ao Ministério da Integração Nacional, no Projeto de Integração do Rio São Francisco – fizeram um protesto em frente ao escritório, que administra a obra em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco.

Os trabalhadores reivindicam o pagamento de salários atrasados, cartão alimentação e liquidação de rescisões de funcionários dispensados.

Segundo os operários, a construtora mandou alguns trabalhadores para suas casas há quatro semanas e eles ainda não retornaram.

O protesto foi apoiado pelo Sindicado dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em Geral (Sintepav) em Pernambuco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here