Na crise, PT fará vaquinha para custear despesas pessoais de Lula

O ex-presidente está sem recursos para bancar as despesas depois que suas contas pessoais e as do Instituto Lula foram bloqueadas pela Justiça.

Deputados e senadores do PT vão contribuir, mensalmente, com uma vaquinha para pagar as contas pessoais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ele está sem recursos para bancar as despesas, depois que suas contas pessoais e as do Instituto Lula foram bloqueadas pela Justiça.

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, afirmou na última quarta-feira (11) à reportagem que o ex-presidente “não tem mais como pagar água, luz, telefone de seu apartamento nem convênio médico, advogados, nada”. Okamoto, que também teve as contas bloqueadas, diz que “querem que a gente morra de fome, de sede, sem defesa, de frio”.

A senadora Gleisi Hoffmann, que preside o PT, diz que os parlamentares decidiram arrecadar os recursos e destiná-los aos pagamentos das despesas de Lula. “É difícil porque deputado e senador do PT são duros. Já contribuímos com R$ 4 mil para o partido. Mas vamos ajudar, cada um dando R$ 500 ou R$ 1.000 já é uma boa colaboração”, diz ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here