‘Jogo do vira-vira começou’, diz Bruno Araújo, que sinaliza para o Solidariedade

‘Jogo do vira-vira começou’, diz Bruno Araújo.

Presidente do PSDB em Pernambuco, o deputado federal Bruno Araújo fez coro aos aliados e reafirmou a previsão de atrair outros partidos da base de Paulo Câmara (PSB) para a frente de oposição Pernambuco Vai Mudar. A declaração foi nesta terça-feira (26), dia em que o PSC, do grupo político dos Ferreira, passou a integrar o grupo. O tucano ainda sinalizou para o Solidariedade, partido que declarou insatisfação com o governo.

“É a sinalização para Pernambuco de que a barca do governo está afundando e tem muita gente começando a pular fora e começou com a densidade política dos Ferreira e do PSC”, afirmou sobre a chegada do deputado estadual André Ferreira, que buscou a oposição após não conseguir viabilizar uma vaga para disputar o Senado na Frente Popular. “O jogo do vira-vira começou”.

Em relação ao Solidariedade, aproveitou para colocar mais lenha na fogueira. “É uma decisão interna do Solidariedade. Sofreu, na minha opinião, com todo respeito, um nocaute político de desprestígio na base do governo”, disse.

O partido deixou clara a indisposição com o Palácio do Campo das Princesas após a dança das cadeiras para acomodar o PP na Secretaria de Desenvolvimento Econômico levar o deputado federal Kaio Maniçoba a perder a pasta de Habitação. O presidente do Solidariedade, deputado federal Augusto Coutinho – cunhado do pré-candidato ao Senado na chapa de oposição, Mendonça Filho (DEM) -, marcou para esta quinta-feira (28) uma reunião com as lideranças do partido para avaliar a situação.

“Obviamente o relacionamento entre família e política não é o modelo que leva a uma decisão, mas a afinidade política nossa com Augusto Coutinho, que comanda o Solidariedade e o grau de desprestígio por parte do governo nos fazem apostar que eles vão ter que fazer esse movimento”, afirmou. (Blog de Jamildo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here