Humberto Costa chama Mendonça Filho de “figura de contornos ditatoriais e mesquinhos”

Humberto Costa critica gestão do ministro da Educação, Mendonça Filho

O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que sua gestão do ministro da Educação, Mendonça Filho, “aprofunda o obscurantismo” do governo Michel Temer e classificou o ministro como “protótipo de ditador”, “censor da autonomia universitária” e “pequeno tirano”. Ele afirmou que Mendonça Filho buscou obstruir as aulas da Universidade de Brasília que classificavam de “golpe” o afastamento de Dilma Rousseff da Presidência, mas a tentativa, disse o senador, teve efeito contrário, gerando iniciativas semelhantes em dezenas de outras universidades.

Humberto Costa ainda acusou o ministro da Educação de interferir na Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) ao perseguir opositores e lotear cargos entre seu partido. O senador disse que as atitudes de Mendonça Filho não podem ser aceitas numa democracia, e sugeriu a convocação do ministro para dar ao Senado explicações sobre o que chamou de “sanha persecutória”.

– É triste ver uma instituição de setenta anos, com tantos serviços prestados à cultura e à educação do país, como a Fundaj, reduzida a isso: a um feudo de uma figura de contornos ditatoriais e mesquinhos como o ministro da Educação – disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here