Governo de Evandro Valadares é acusado de “nepotismo” em São José do Egito

evandro-valadares-psb-sao-jose-do-egito-300x176 Governo de Evandro Valadares é acusado de “nepotismo” em São José do Egito
Em entrevista ao radialista Anchieta Santos, vereadores detonam gestão do prefeito Evandro Valadares, no seu primeiro ano de mandato político.

O prefeito de São José do Egito, Evandro Valadares (PSB), terminará o seu primeiro ano de governo desgastado com servidores, lideranças e, principalmente, com alguns vereadores da Câmara Municipal.

Em entrevista ao programa radiofônico de Anchieta Santos, os vereadores Albérico Thiago (PR), Tadeu do Hospital (PTB) e Aldo da Clips (PT) avaliaram os primeiros 12 meses da atual gestão como “abaixo da média”.

De acordo com o grupo de oposição, o chefe do executivo mantém dentro da Prefeitura de São José do Egito esposa, filha, genro, tio e sobrinho. Além disso, alguns ocupam até mesmo três cargos. Os vereadores denunciaram a prática alarmante de “nepotismo” na gestão.

LEIA TAMBÉM 

> Sem alarde, Prefeito de São José do Egito pede dispensa de licitações do transporte escolar que somam R$ 1,187 milhão

Ex-prefeito de São José do Egito deixa débito de R$ 900 mil em aquisição de combustível

Denunciaram, ainda, a cobrança de taxas no Mercado Público e na Feira Livre de forma indevida; contratação de professores prometendo R$ 1.300,00 de salário ao invés de convocar os concursados. Outra grave acusação trata-se da manipulação dos profissionais, onde estaria cadastrando professores como bolsistas para pagar seus vencimentos com a quantia de R$ 400,00. Além do débito de R$ 300 mil com o transporte escolar, os profissionais estão sem receber.

Segundo os parlamentares, na Terra da Poesia, das quatro ambulâncias deixadas pela gestão anterior, atualmente, apenas duas funcionam. Os vereadores, ainda, relataram uma situação difícil na educação e saúde da cidade.

“Na saúde ultra som é marcada para atendimento depois de 100 dias; empresa de coleta do lixo, recentemente licitada, pertence ao genro do prefeito; implantação de canos na zona rural, antes da perfuração do Poço que quando é feita nem sempre tem água; sem contar que o Prefeito se nega a responder os requerimentos e as cobranças feitas pelo Poder Legislativo. Ao final os vereadores reprovaram a gestão Evandro Valadares. Aldo da Clips deu nota zero; Tadeu do Hospital nota 02 e Albérico Thiago nota 04”, escreveu Anchieta Santos.

A entrevista concedida ao radialista Anchieta Santos foi uma verdadeira detonação ao “Governo de Evandro Valadares”.

Com a palavra, o chefe do executivo de São José do Egito.

Deixe seu comentário