Estudantes e Professores da UPE em Petrolina vivenciam caos: “salários atrasados e falta de infraestrutura”

Campus Petrolina da UPE enfrenta problemas (Foto: Reprodução / TV Grande Rio). 

Estudantes e servidores da Universidade de Pernambuco (UPE), em Petrolina, Sertão do estado, estão enfrentando sérios problemas. As queixas vão do atraso no pagamento dos salários dos professores contratos até a falta de estrutura do local. Por todos os lados, é possível ver cartazes pedindo respeito aos servidores.

Professor contratado da UPE, Mário Dutra é um dos docentes que está com o salário atrasado. “A primeira parcela [do salário] deveria ter sido paga no dia 20 de abril. Essa é uma situação reincidente aqui na Universidade de Pernambuco e sequer sabemos se vamos receber as outras parcelas”, lamenta.

Os estudantes que precisam utilizar a biblioteca do Campus estão sendo prejudicados pela falta de servidores. Por conta disso, o espaço passou a funcionar em horário reduzido por tempo indeterminado. “Como eu estudo a noite, fica mais difícil a gente vir para cá no nosso horário porque já está fechada”, conta a estudante Ângela Souza Lins.

O auditório do Campus também está precisando de reparos. No mês de abril, o espaço foi interditado pelo Corpo de Bombeiros, por falta de estrutura. “Nós chamamos o corpo de bombeiro, porque estamos em processo de regularização da nossa parte predial, da parte de segurança, e eles nos sugeriram que não abrisse o auditório para segurança da população geral que utiliza o auditório”, explica a diretora do Campus, Mariannne Mendes. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here