Enquanto Jarbistas se espalham, Fernando Bezerra dispara: “Vou continuar no PMDB e estarei sempre no PMDB”

fernando-bezerra-coelho-blog-do-roberiosa Enquanto Jarbistas se espalham, Fernando Bezerra dispara: “Vou continuar no PMDB e estarei sempre no PMDB”
Fernando Bezerra Coelho afirma que não sairá do PMDB de Pernambuco. Foto: Reprodução.

O senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Fernando Bezerra Coelho (PMDB), concedeu entrevista ao programa radiofônico “Nossa Voz”, analisando a conjuntura política estadual e anunciando que acontecerá um grande ato em Pernambuco para fortalecer o projeto das oposições em 2018.

Na entrevista, FBC destaca que a população pernambucana está insatisfeita com a gestão do Governador Paulo Câmara (PSB) e anuncia evento das oposições.

“A população de Pernambuco não está satisfeita com as entregas que estão sendo feitas pela atual administração. As oposições ainda estão se organizando e devemos realizar um ato no próximo dia 13, onde iremos anunciar uma frente política formada pelo senador Armando Monteiro, Mendonça Filho, Bruno Araújo, Fernando Filho, João Lyra e Joaquim Francisco, portanto, uma frente expressiva com história, trabalho e serviço prestados a Pernambuco”, disse o senador, completando:

“A partir daí, iremos percorrer algumas regiões do estado e ao longo dos próximos cem dias definir qual a melhor estratégia, se é uma candidatura única com uma frente de oposição ou se iremos apresentar mais de uma candidatura, portanto, ainda, está muito no início”.

O senador, ainda, declarou que a sociedade deseja avanços na segurança, saúde, educação, economia e geração de emprego e renda.

“Posso afirmar que estou muito disposto e animado, onde poderemos lograr êxito nas eleições do próximo ano, porque esse sentimento de mudança está presente em todas as regiões do estado […] Pernambuco quer, sobretudo, recuperar sua capacidade de investimento. Nós chegamos a liderar os investimentos na Região Nordeste entre 2011 e 2014 e agora vamos fechar esse ano com sequer metade do que podíamos ”, disse Bezerra Coelho.

Sobre as dificuldades de assumir a presidência do PMDB de Pernambuco e sair candidato ao Palácio do Campo das Princesas, Fernando, pontuou: “Essa questão do PMDB foi judicializada pelos nossos adversários e temos que aguardar o tempo da justiça, mas acredito que até o final do ano já teremos uma respota. Agora, eu vou continuar no PMDB e estarei sempre no PMDB”.

Deixe seu comentário

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.