Em Petrolina, serviços do SAMU são reduzidos por retenção de macas em hospitais

A maioria das macas está retida nos hospitais da cidade. (Foto: John Pacheco/G1).

Nesta quarta-feira (11), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Petrolina, no Sertão de Pernambuco reduziu os serviços oferecidos à população da região.

Em nota enviada à imprensa, a Secretaria de Saúde do Município alegou que “as macas das ambulâncias saíram para ocorrências e ficaram retidas com pacientes nos hospitais da cidade“. A nota afirma também que a situação se agrava durante os finais de semana.

Atualmente o SAMU possui quatro ambulâncias e quarenta macas, mas apenas três estão disponíveis para atendimento.

Confira a nota completa

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (SAMU) informa à população que se encontra com os serviços reduzidos, pois, as macas das ambulâncias saíram para ocorrências e ficaram retidas com pacientes nos hospitais da cidade.

Durante o fim de semana, as ocorrências, sobretudo acidentes, aumentam bastante, e, com isso, acontece a retenção de macas pelos hospitais, impedindo que as ambulâncias se desloquem do SAMU para atender aos chamados da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here