Em meio à crise do PMDB, Kaio Maniçoba pode disputar eleições de 2018 em outro partido

Deputado Federal Kaio Maniçoba pode deixar o PMDB. Foto: Robério Sá

Da Folha de PE – A queda de braço pelo o comando do PMDB, que pode levar o partido à oposição, e a dificuldade de se eleger a deputado federal pelo partido num chapão com a Frente Popular levou o secretário estadual de Habitação Kaio Maniçoba (PMDB) a pensar em outras alternativas.

A filiação no PSL é uma delas. De acordo com o presidente estadual do PSL, Luciano Bivar, Kaio teria externado, em conversas, a possibilidade de migrar para o partido. Embora seja da base do governador Paulo Câmara (PSB), a sigla se articula para a formação de uma chapinha paralela com siglas nanicas.

Kaio se elegeu em 2014 pelo PHS, com apenas 28 mil votos. Ele fez parte da coligação de Bivar, que se uniu ao PRP, PRTB, PSDC. Apesar da confirmação de Bivar, Kaio negou que haja conversas para uma possível migração de legenda. “Não tenho pensamento de sair do PMDB, de ingressar em um novo partido”. Segundo ele, é possível vencer nas urnas mesmo num partido de grande porte em que é necessário um maior denominador eleitoral.

“Vou me preparar para a disputa. Fizemos bons números de prefeitos, de lideranças e isso vai nos fazer levar a nossa meta de 100 mil”, acrescentou. No entanto, caso o partido vá para as mãos do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) no processo de dissolução do diretório estadual do PMDB, ele afirmou que, como faz parte do governo de Paulo, é natural reavaliar a permanência na legenda.