“Eleição sem Lula não é eleição”, diz Sebastião Oliveira, após anunciar evento da onda azul em ST

Deputado Sebastião Oliveira (PR). Foto: Reprodução.

O deputado licenciado e secretário de transportes, Sebastião Oliveira (PR), realmente passou por uma metamorfose política em seu discurso. Na última quarta-feira, dia 31, o adversário do prefeito Luciano Duque (PT), apagou da sua caderneta as várias críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e, ainda, defendeu a candidatura presidenciável de Lula, durante entrevista na Líder FM.

Na próxima semana, o deputado republicano realizará um evento intitulado bloco “O Azulão”. No meio político, aliados sebastianistas afirmam que o auxiliar de Paulo Câmara quer mesmo é nadar nas ondas azuis com Rosimerio de Cuca e Pinheiro do São Miguel.

Entretanto, nas eleições deste ano, Sebastião Oliveira deseja de verdade é “surfar” na popularidade vermelha dos ex-presidentes, Lula e Dilma e, ainda, desbancar a candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes, que anseia derrotar Paulo Câmara e assumir o Palácio do Campo das Princesas ao lado do seu adversário, o prefeito Luciano Duque (PT).

LEIA TAMBÉM 

Vejam o que disse Sebastião Oliveira: “Eleição sem Lula não é eleição. O povo quer votar em Lula que é um grande líder nacional; fico triste por ele não poder participar”, disse o republicano, defendendo a candidatura do ex-presidente.

Questionado sobre o impeachment da ex-presidente, Dilma Rousseff, que contou com reforço garantido pelo Governador Paulo Câmara, inclusive, por Sebastião Oliveira, que foi à Câmara Federal para abster-se de votar.

“Não fui responsável pela de Dilma; fiz o meu dever […] quem colocou ela pra casa foram os deputados que o prefeito (que se diz do PT hoje apoia)”, declarou.

REVEJA ESSE VÍDEO DE SEBASTIÃO OLIVEIRA