Deputados passam a cobrar apoio prometido por Romanilson Mariano

Romanilson Mariano e Daniel Coelho. Foto: Cortesia/ Robério Sá.

O prefeito de São José do Belmonte, Romanilson Mariano (PHS), começa a viver uma reviravolta entre os deputados federais e estaduais que dão sustentação ao seu governo, através de emendas e ações para ajudar a sua gestão.

Ontem, dia 2, o Blog do Robério Sá anunciou, em primeira mão, que o gestor iria apoiar para deputado federal o filho do ex-governador Eduardo Campos, João Campos, em dobradinha com o deputado estadual Diogo Moraes. Ambos são do PSB de Paulo Câmara e integram a Frente Popular de Pernambuco.

Romanilson Mariano esteve acompanhando a caravana de Paulo Câmara no Sertão do Pajeú, e até registrou o momento ao lado de João Campos e Diogo Moraes, que conseguiram o apoio do gestor, após destravar a obra do Matadouro Público de São José do Belmonte.

Entretanto, o chefe do executivo tinha uma série de alianças com deputados estaduais e federais, que não ficaram muito satisfeitos ao caírem no “Conto da Cinderela”.

O primeiro foi o deputado estadual Augusto César (PTB), que no final do ano passado recebeu o prefeito, em sua residência, e achava que já contava com o apoio para reeleição neste ano. Inclusive, esteve outras vezes andando pela cidade e participando de ações com Romonilson.

O outro deputado que também caiu na conversação foi Rodrigo Novaes (PSD), que foi bem votado em Belmonte, na última eleição para deputado estadual, e também não contará com o apoio do governo, apenas, segundo aliados, com uma “pequena” fração da base.

João Campos, Romonilson Mariano, Paulo Câmara e Diogo Moraes.

Na corrida para deputado federal, os acordos não cumpridos dispendem contra Romanilson Mariano, pois os deputados federais Kaio Maniçoba (SD), Daniel Coelho (PPS) e Adalberto Cavalcanti (Avante) estão querendo saber como o prefeito irá “honrar o apoio político” para as eleições deste ano.

Nos bastidores, fala-se que os aliados de Romanilson Mariano, no caso os vereadores, terão que pagar a conta, fracionando o apoio eleitoral, para satisfazer e manter os acordos, muito embora, os deputados federais estejam todos “estarrecidos e aborrecidos” com a forma de fazer política do gestor.

Em contato com o Blog, a assessoria de Daniel Coelho questiona como o chefe do executivo já declara “apoio ao menino de Eduardo Campos”, pois foram destinados, em emendas, R$ 7,5 milhões, após um acerto entre Romanilson Mariano e o parlamentar, em seu apartamento, no Recife (PE).

“O prefeito de Belmonte, Romanilson, não traiu (apenas) Augusto César. Mas não foi só com o deputado estadual não, ele também traiu o deputado federal Daniel Coelho. No início do ano passado, ele teve no apartamento de Daniel no Recife, apertou a mão do deputado e disse que estava fechado. De lá pra cá, Daniel vem ajudando Belmonte. No ano passado, mandou R$ 4,150 milhões em emendas e esse ano mais R$ 3,5 milhões. E, o prefeito agora declara apoio ao menino de Eduardo Campos?”, questiona a assessoria do parlamentar, em contato com o Blog.

No Grupo de Romanilson Mariano, quem cumprirá com os acordos políticos será o vice-prefeito, Antônio de Alberto, que apoiará o deputado federal Adalberto Cavalcanti e o deputado estadual Augusto César, os demais terão que se contentar com o alento, pois foram derrotados pela estratégia do chefe do executivo.

LEIA TAMBÉM 

O Blog do Robério Sá pediu os extratos das emendas de Daniel Coelho para comprovar as informações, e os anexos seguem abaixo.

Com a palavra Romanilson Mariano!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here