Edilson Silva afirma que afastamento de Gleide Ângelo do caso Beatriz representa “praticamente o abandono da investigação”

Deputado Edilson Silva critica condução da Secretaria de Defesa Social no caso Beatriz. Foto: Reprodução.

Na última semana, o deputado estadual, Edilson Silva (PSOL), ganhou a cena na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) ao comentar sobre o caso da estudante Beatriz Angélica Mota, 7 anos, morta dentro de uma escola em Petrolina, no Sertão do São Francisco, em dezembro de 2015.

Na Casa Legislativa de Pernambuco, o parlamentar lamentou que promessas feitas à família da criança, em audiência da Comissão de Cidadania realizada em maio de 2016 – como produção de um vídeo sobre o crime e o aumento no valor da recompensa – não tenham sido efetivadas.

O psolista ainda questionou o afastamento da delegada Gleide Ângelo da apuração do crime. “Após dois anos, novos investigadores vão ter que se familiarizar com o inquérito. É praticamente um abandono da investigação”, avaliou.

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.