CUT-PE prepara 1º de Maio em defesa de Lula e de direitos

Presidente da CUT-PE, Carlos Veras.

A Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE) programa grande ato político em defesa da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contra a reforma da Previdência e pela revogação da Reforma Trabalhista na próxima terça-feira, quando se celebra o 1º de Maio. A concentração da atividade é às 8h30, na Praça do Derby, na área central do Recife.

Na avaliação do presidente da CUT-PE, Carlos Veras (PT), “será um 1º de Maio que ficará na história política do Brasil”. “Compartilhamos com a classe trabalhadora, os nossos sindicatos filiados, bem como dos movimentos sociais e populares o sentimento de que Lula é o maior símbolo da luta da classe trabalhadora por direitos e democracia”, afirmou.

Segundo a CUT-PE, o ato político é também um “recado direto” aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil e do exterior de que a pauta não passa não se resume simplesmente Lula Livre, mas é também a defesa de direitos e conquistas, a resistência e a luta em defesa da soberania nacional.

“Entendemos que defender os direitos dos trabalhadores é ter Lula Livre e candidato à Presidência em 2018. Precisamos eleger um presidente que revogue a reforma trabalhista, que massacra e corta os direitos da classe trabalhadora. Lula precisa ser nosso presidente porque ele é um instrumento de defesa dos direitos históricos dos trabalhadores e das trabalhadoras”, explicou Veras.

O movimento sindical e as entidades representativas sociais ressaltam ainda que as bandeiras de lutas do 1º de Maio são de interesse da classe trabalhadora. E citam como exemplo: uma política econômica de geração de empregos e renda, seguridade e Previdência social, o fim da lei do congelamento de gastos, a continuidade do financiamento sindical e a revogação da reforma Trabalhista. (Blog da Folha)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here