Com mais de 80 mil arquivos de pornografia infantil, homem é preso em PE

Resultado de uma investigação de cerca de seis meses, um homem de 26 anos, foi preso em flagrante com cerca de 80 mil arquivos de pornografia infantil, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife, em Pernambuco.

A prisão ocorrida no dia 27 de marco só foi divulgada nesta quarta-feira (04). Os arquivos foram encontrados nos dispositivos eletrônicos utilizados no quarto do homem.

A partir de um mandado de busca e apreensão, a polícia encontrou o indivíduo. “Quando entramos na casa, ele já sabia o que estávamos procurando e não hesitou em mostrar. Encontramos inúmeras abas abertas com arquivos contendo imagens de sexo explícito com bebês e crianças pequenas”, disse a delegada Thaís Galba, responsável pelo caso.

Em depoimento à Polícia Civil, o homem alegou sofrer de depressão. “Ele disse que era uma pessoa doente e tentou usar isso para justificar o armazenamento do conteúdo, mas não há um laudo médico que comprove nenhum tipo de enfermidade”, pontuou a delegada.

Na ação, foram apreendidos dois computadores, três HDs externos, dois pen-drives e um aparelho celular com os arquivos ilícitos, adquiridos através da “deep web”.

Enquadrado no crime de armazenamento de conteúdo ilícito de pornografia infantil, o homem foi solto, após pagar uma fiança de 20 salários mínimos, o equivalente a aproximadamente R$ 19 mil, respondendo, assim, em liberdade pelo crime. Contudo, caso seja comprovado o compartilhamento do conteúdo com outras pessoas, a prisão é inafiançável.

“O compartilhamento desses vídeos e fotos é um crime diferente, mais grave, que pode levar a até seis anos de detenção. Ele nega ter compartilhado os arquivos e ter abusado de crianças, mas estamos investigando se ele enviou o material a outras pessoas e se houve crime de estupro cometido por ele”, destaca o gestor do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente, Darlson Macedo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here