Com a “porteira aberta”, vereador Gilmar Santos poderá aprovar novo requerimento político, nesta quinta-feira

gilmar-santos-pt-petrolina-roberio-sa Com a “porteira aberta”, vereador Gilmar Santos poderá aprovar novo requerimento político, nesta quinta-feira
Gilmar Santos aproveita divisão da base de Miguel Coelho para emplacar novo requerimento. Foto:Robério Sá.

Os vereadores aliados do Prefeito Miguel Coelho cometeram um grave erro ao aprovarem na sessão legislativa da última terça-feira, dia 28, o requerimento político do Vereador Gilmar dos Santos (PT), inclusive, gerando grande polêmica ao entrar em pauta sem o consentimento da mesa da Casa Plínio Amorim.

Na sessão passada, o líder do Governo Novo Tempo, o vereador Ruy Wanderley (PSB), afirmou que conversando com o secretário de governo, Giovanni Costa, não via problema em aprovar o requerimento de cunho político, que expõe as secretarias, gerando desgaste na gestão de Miguel Coelho.

Enquanto os vereadores da situação batem cabeça e deixam a porteira aberta, Gilmar Santos aproveita para, nesta quinta-feira, dia 30, colocar em pauta o Requerimento nº 405/2017 solicitando a Secretária Municipal de Educação, Maeve Melo, o detalhamento das ações relativas à merenda escolar (janeiro a novembro), além de fornecedores, produtos e valores pagos, assim como relatório de ações, lista de servidores efetivos e comissionados.

Repetindo a dose, os vereadores de situação devem aprovar mais um requerimento, tendo em vista que não existe problema para o vereador Ruy Wanderley e o secretário de governo, Giovanni Costa, como bem frisou o aliado de Miguel Coelho, na tribuna do Legislativo, na última terça-feira; relembre:

“Antes de votar o requerimento falei com o secretário de governo, Geovanni Costa, e falei que não via problema nenhum em aprovar esse requerimento”, disse Wanderley.

Deixe seu comentário