Coluna Pega-Fogo desta quinta-feira

Luciano Duque e Marília Arraes. Foto: Robério Sá.

Coluna Pega-Fogo – 19 de julho de 2018 

Marília Arraes é o boom das eleições em Pernambuco

Assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Sila, a vereadora e pré-candidata a governadora, Marília Arraes (PT), se transformou no boom das eleições deste ano em Pernambuco.

De uma campanha ousada e difícil, a neta do ex-governador Miguel Arraes percorreu cidades do interior, resistiu aos adversários e até mesmo a fúria dos caciques do Partido dos Trabalhadores.

Do dia 27 de janeiro – quando lançou sua pré-candidatura em Serra Talhada, arrastando mais de 3 mil pessoas, com o apoio do prefeito Luciano Duque (PT) – até agora, se mostrou uma liderança de fibra e que tem condições de guiar o estado por um novo caminho político a partir de 2019.

No início dessa semana, o deputado estadual Odacy Amorim (PT) foi o primeiro a abdicar da sua candidatura ao Governo de Pernambuco, e anunciar apoio a unidade da cúpula petista, assim como o apoio à candidatura própria de Marília Arraes.

Nos bastidores, fala-se que o Senador Humberto Costa (PT) também deverá se posicionar nos próximos dias, se fará parte ou não da chapa de Marília Arraes, tendo em vista que Lula deverá confirma-la para disputa ao Palácio do Campo das Princesas.

Inclusive, a confirmação de Arraes pode ocorrer dentro de três semanas, quando o Partido Socialista Brasileiro (PSB) deverá escolher entre os pré-candidatos a Presidência da República, Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT).

O que pode mudar? A candidatura de Arraes só não é confirmada se a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, perder a palavra e estiver brincando com a candidata, pois a tática eleitoral do seu partido é que somente uma aliança no plano nacional repercutirá no plano estadual, fora disso, o caminho será para o ‘protagonismo’, como deverá ser em Pernambuco.

Para fechar o ciclo do boom, vale lembrar que Marília Arraes começou sua caminhada ao Governo de Pernambuco com apenas 8 pontos percentuais e hoje já possui mais de 20. Quando polariza com Paulo Câmara (PSB) ou Armando Monteiro (PTB) em levantamentos para o segundo turno, a petista aparece na frente.

É nesse crescimento consolidado que Arraes deverá continuar despontando ainda mais quando Lula anuncia-la como sua candidatura em Pernambuco, e a cúpula petista fechar a unidade para o pleito deste ano.

O tempo…  O Governador Paulo Câmara (PSB) terá até o próximo dia 30 para convencer o Diretório Nacional do PSB a apoiar a candidatura de Lula à Presidência da República.

No entanto, nos bastidores, membros da legenda afirmam que a tendência é aprovar o apoio ao candidato Ciro Gomes (PDT). A confirmação é do secretário-geral do partido, Renato Casagrande.

Prazo final… O Governador Paulo Câmara poderá não apresentar o Partido dos Trabalhadores (PT) na Frente Popular, no próximo dia 5 de agosto, quando acontece a convenção da legenda em Pernambuco e no território nacional.

A expectativa é que o socialista tente fechar um acordo unilateral com o senador Humberto Costa (PT) e Gleisi Hoffmann (PT) para uma aliança de banda, garantindo sua reeleição e o apoio a Lula apenas no estado. Na cúpula petista, essa aliança estaria fora de cogitação.

Complicou… O Grupo de Tática Eleitoral do PT não facilita a vida de Marília Arraes em Pernambuco. O partido só aceitará receber apoio e fechar chapa com legendas que lhe apoiem no plano nacional, o recibo é para o PSB e o Avante.

O pré-candidato a senador, Silvio Costa (Avante) – que também é presidente do Avante em Pernambuco – para permanecer na chapa majoritária de Arraes, terá que convencer sua legenda a fechar uma aliança no plano nacional com o PT. Virou uma zona!

Denúncia: Nas redes sociais, circula informações de que uma empresa que presta serviços no Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada, está sem receber há vários meses do Governo de Pernambuco.

Segundo o comunicador Anderson Tennens, a Dix Empreendimentos é responsável pela administração do aeródromo, sendo uma empresa pertencente ao holding Agemar, que é especializado em construção, administração, operação e exploração comercial de aeroportos regionais pelo Brasil. O débito do Governo do Estado com a empresa já chegaria a casa de meio milhão de reais.

Pergunta de Fogo: Qual será a tática de Paulo Câmara, caso tenha que enfrentar Marília Arraes?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here