Coluna Pega-Fogo: Chegada de FBC à presidência do MDB, provoca debandada de prefeitos do Sertão

Senador Fernando Bezerra; Prefeito de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti; Prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro e o Prefeito de Afrânio, Rafael Cavalcanti.

Coluna Pega-Fogo – 21 de março de 2018 

Chegada de Fernando Bezerra à presidência do MDB, provoca debandada de prefeitos do Vale do São Francisco 

O Senador Fernando Bezerra Coelho conseguiu, finalmente, vencer a batalha pela presidência do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) de Pernambuco contra o vice-governador, Raul Henry (MDB) e o deputado federal, Jarbas Vasconcelos.

Nessa terça-feira, dia 20, em Brasília, a Executiva Nacional da legenda aprovou – por 17 votos favoráveis e 6 contrários – a dissolução do diretório regional do partido no Estado. Com a decisão, a sigla será dirigida por uma comissão provisória, que vigorará por 90 dias, cujo presidente é Bezerra Coelho.

Após conquistar a vitória, o aliado de Michel Temer gravou um vídeo fazendo um apelo para aos filiados não deixarem o partido. “Meu primeiro apelo, minha primeira fala é para os atuais militantes do MDB […] Todos que queiram continuar no MDB serão muito bem-vindos. O MDB continuará dando apoio e agasalhando para que possam buscar a renovação dos seus mandatos”, disse.

Fernando Bezerra nem precisou terminar o apelo para que os primeiros prefeitos começassem a desembarcar. Apesar de esperada a saída de membros da legenda ligados a Raul e Jarbas, ninguém imaginava que os primeiros emedebistas a anunciarem desfiliação seriam do Vale do São Francisco, tendo em vista ser o reduto eleitoral do novo presidente.

Da zona eleitoral do senador, deverão deixar a legenda, o prefeito de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti; prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro e o prefeito de Afrânio, Rafael Cavalcanti.

Segundo interlocutores do Palácio do Campo das Princesas, esses são apenas os primeiros que deixaram o senador petrolinense à míngua, já que ele pretendente ser candidato a governador, nas eleições deste ano.

RUMO CERTO – O Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, deverá, finalmente, se filiar ao MDB de Pernambuco para fortalecer o projeto político do pai, que pretende derrotar o Governador Paulo Câmara (PSB) nas urnas.

Entretanto, há quem diga que o senador está mesmo é de olho no Fundo Partidário da legenda, já que sua candidatura ao Palácio do Campo das Princesas não ultrapassa a casa dos 10 pontos percentuais.

FILIAÇÃO – Ocorreu nessa terça-feira, dia 20, o ato de filiação do presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa e do seu filho, o empresário, Guilherme Uchoa Júnior, no Hotel Barramares, em Jaboatão dos Guararapes.

Cerca de 400 pessoas prestigiaram o ato político. Na ocasião, o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo, abanou a filiação dos novos integrantes. O evento, também, serviu para anunciar a candidatura do deputado estadual e presidente da sigla em Pernambuco, André Ferreira, ao Senado Federal.

SOLIDARIEDADE – Após a derrota de Raul Henry e Jarbas Vasconcelos, para Fernando Bezerra Coelho, o governador Paulo Câmara (PSB) prestou solidariedade aos aliados.

“Jarbas Vasconcelos, Raul Henry e os demais integrantes do MDB de Pernambuco honram qualquer partido político do Brasil. O que estão tentando fazer contra eles é uma das maiores violências da história política nacional. Mas essa luta não se encerrou. Ainda, acredito que a Justiça há de prevalecer. Jarbas e Raul têm o nosso apoio e solidariedade”, escreveu o socialista.

ELEIÇÃO DE 2020 – Em Serra Talhada, os pré-candidatos continuam se movimentando, intensamente, em busca de receber a benção do prefeito Luciano Duque (PT), para as Eleições de 2020.

Os pré-candidatos, Faeca Melo (Secretário de Governo) e Márcio Oliveira (Vice-prefeito), seguem disputando apoios de lideranças e secretários da Prefeitura de Serra Talhada, assim como de vereadores para a corrida municipal. Luciano Duque, pretendente, apresentar o nome do seu candidato à sucessão, após as eleições deste ano.

PERGUNTA DE FOGO – Raul Henry e Jarbas Vasconcelos vão para o PSD ou continuam no MDB?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here