Casal é assassinado na frente dos filhos de 8 e 9 anos em Pernambuco

Crianças têm 8 e 9 anos e sobreviveram sem ferimentos; Polícia investiga o caso e acredita em latrocínio, já que duas televisões foram roubadas da casa da família.

Um casal foi assassinado na frente dos filhos de 8 e 9 anos, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, na noite da segunda-feira (16). Joab José da Silva, de 32 anos, e a mulher dele, Mixielle Gomes dos Santos, de 29 anos, foram mortos dentro de casa, na Rua do Futuro, na comunidade Vila da Sotave. Parentes deles estiveram no Instituto de Medicina Legal (IML) na manhã desta terça (17), para liberar os corpos.

Segundo a polícia, pelo menos dois homens fortemente armados arrombaram a porta da residência e lá dentro anunciaram um assalto. No momento da investida, além do casal, seus dois filhos, de 8 e 9 anos estavam no local. Os criminosos teriam desferido diversos disparos dentro da casa.

Segundo a família de Joab, ele criava codornas, mas também trabalhava consertando e remodelando ferragens e poderia estar devendo algo a alguém. “Ele foi morto primeiro. Deram tiros nele e enfiaram uma faca na barriga dele. Minha cunhada se trancou no banheiro com os meninos, mas arrancaram ela pelos cabelos e a mataram com um tiro na cabeça”, contou um dos parentes de Joab.

Ainda de acordo com os parentes de Joab, ele tinha retirado todo o dinheiro de sua conta bancária no dia anterior, comprado uma TV e também alimentos. “Quem fez isso, sabia que ele estava com dinheiro. Ele provavelmente estava devendo alguma coisa”, disse um parente que não quis se identificar.

A família da Mixielle não conseguia controlar a revolta. “Ela foi morta unicamente por ser casada com ele. Era correta. Ajudava todo mundo, ele também. Faziam o que podiam, por quem podiam. Os dois eram muito corretos. Como eles acabam desse jeito?”, disse outro parente, que preferiu não se identificar. Os filhos do casal estão sob os cuidados da família. “Eles estão em choque. Parece que estão ouvindo o barulho dos tiros o tempo todo”, afirmou uma parente.

Investigação
Os invasores ainda chegaram a roubar duas televisões, que foram encontradas em um matagal próximo, por cachorros da comunidade. As TVs foram apreendidas e encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde devem passar por perícia. O objetivo é encontrar impressões digitais para tentar identificar os suspeitos.

Até o momento, ninguém foi preso. A Polícia Civil instaurou inquérito está investigando o caso. Apesar das suspeitas da família, o crime está sendo tratado como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. O caso está sob responsabilidade do DHPP Sul e, por meio de nota, a polícia informou que se pronunciará ao final das investigações. O enterro vai ocorrer no cemitério de Muribeca Rua, também em Jaboatão dos Guararapes. Data e hora ainda não foram divulgados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here