Artista Plástica é encontrada morta em Pernambuco

Rua Treze de Maio fica no Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife (Foto: Reprodução/Google Street View).

Uma arquiteta aposentada foi encontrada morta em casa, no Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife, na noite de terça-feira (13). De acordo com o 1º Batalhão da Polícia Militar, a artista plástica Maria Alice Soares dos Anjos, 74 anos, apresentava ferimentos na cabeça. A principal hipótese é de que “Baixinha, uma das fundadoras do bloco carnavalesco “Eu Acho é Pouco”, tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Segundo a PM, a casa da vítima, na Rua Treze de Maio, localizada nas proximidades do Museu do Mamulengo, estava revirada. Havia sinais de que o imóvei foi invadido e que pessoas estavam à procura de objetos no local.

A lesão na cabeça pode ter sido provocada por um objeto contundente. Outra possíbilidade, segundo a PM, é de que a mulher tenha caído no chão após um problema de saúde.

A PM foi acionada por volta das 21h30 de terça-feira. Os militares isolaram a área e os peritos do Instituto de Criminalística (IC) coletaram provas.

Segundo informações da Polícia Civil, além de a casa de Maria Alice ter sido revirada, os agentes constataram que objetos foram levados. A bolsa da artista plástica e dois celulares despareceram. Isso reforça a hipóteste de roubo seguido de morte. A idosa apresentava quatro ferimentos na cabeça, segundo a Polícia Civil.

Ainda, de acordo com a polícia, vizinhos estranharam o fato de Maria Alice não ter ido a uma aula de ginástica, como costumava fazer todos os dias. Por isso, entraram na residência dela, por meio do imóvel vizinho. Ela estava caída no chão. (G1 PE)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here