Após demissão, médico serra-talhadense detona Governo de Ricardo Ferraz nas redes sociais

Médico Lourival Rodrigues e Ricardo Ferraz. Montagem: Robério Sá.

Às vésperas do Dia do Trabalhador, o médico ginecologista e obstetra serra-talhadense, Lourival Rodrigues, dispensado recentemente pela Prefeitura de Floresta, no Sertão de Pernambuco, fez um desabafo nas redes sociais contra o Governo de Ricardo Ferraz (PRP).

Segundo informações, o médico teria sido demitido pela justificativa de enxugamento da máquina pública, que estaria sendo realizada pelo prefeito Ricardo Ferraz.

O caso gerou grande revolta de opositores políticos do chefe do executivo, ao exemplo do deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD), que chegou adjetivar o governo do adversário como “um arroz mexido” (não faz nada).

LEIA TAMBÉM 

Nas redes sociais, o médico cobra honorários que ainda não teriam sido saldados pela Prefeitura de Floresta, após sua demissão.

“Até o momento não recebi os últimos 15 dias trabalhados. Parece que há pressa em recolher impostos, há pressa para economizar, há pressa para demitir, mas pagar o que é de direito não está na lista de prioridades”, declarou o médico, acrescentando:

“É preciso expor a injustiça que a prefeitura de Floresta tem praticado contra minha pessoa […] a gestão para a qual trabalhei, o grupo político pelo qual me dediquei por anos, agora me desrespeita, desconsidera meus compromissos financeiros, e não entendo a razão”.

A declaração de caráter político foi realizada na última segunda-feira, dia 30, no perfil do Facebook, recebendo o apoio de vários seguidores.

Declaração do médico nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here