Aliado de ‘Eduardo da Fonte’ assume secretaria no Governo de Paulo Câmara

A posse foi realizada no Palácio do Campo das Princesas.

A menos de um ano das eleições, o governador Paulo Câmara (PSB) se articula para garantir alianças que ampliem o tempo de TV no guia do próximo ano, já que partidos como PSDB e DEM migraram para a oposição. Nessa sexta, o Palácio atendeu a um pleito do Partido Progressista, do deputado federal Eduardo da Fonte, e deu posse como novo secretário de Desenvolvimento Social a Cloves Benevides, que é filiado ao PP.

O novo secretário foi empossado ao lado da cúpula da sigla, entre eles o deputado estadual Cleiton Collins e a vereadora do Recife Michele Collins. A secretaria entregue ao PP cuida de políticas para a população LGBTI, o que despertou críticas porque os Collins são das bancadas evangélicas na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal.

Sobre as críticas feitas por movimentos sociais à indicação do PP para a secretaria de Desenvolvimento Social, o próprio Clóvis Benevides afirmou que vai buscar diálogo. “Vou estabelecer todos os os diálogos possíveis para que as pontes construídas derrubem eventuais muros que nascem dos equívocos interpretativos dos que não conhecem nossas intenções. As intenções do PP é de que se faça uma política com visão de futuro. Em momento de vulnerabilidade é preciso construção de alternativas”, disse o novo secretário.

“O Cloves com toda sua experiência pode dar respostas aos anseios da sociedade. Temos responsabilidade com o tema e quando nós fizemos a mudança, foi realmente em favor da secretaria para que possa objetivamente continuar do trabalho do Roberto Franca. É um setor que mexe com muita coisa, muita gente e precisamos estar juntos conversando, pois assim as respostas serão dadas”, disse Paulo Câmara.

ESPAÇO PARA O PP

Outras mudanças já devem ocorrer na próxima semana. O PP indicou o conselheiro distrital Milton Luna, para a vaga de administrador de Fernando de Noronha substituindo Luiz Eduardo Antunes, no cargo desde 2015. Entretanto, o martelo ainda não foi batido, pois o nome sofre resistência nos bastidores. Os progressistas também indicaram Plínio Pimentel para o controle da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos. “Esperamos que tudo se dê de de forma respeitada e sirva para unir a Frente Popular. Está tudo sob controle, aguardando as posses e mantemos o nome de Milton Luna para Noronha. Ele tem conduta ilibada e com certeza é um reconhecimento. Não tem entrave, na próxima semana deve ser consolidado”, comentou Eduardo da Fonte.

O governador também confirmou uma reunião para a próxima segunda, quando os últimos detalhes devem ser tratados. “Tenho conversas marcadas com Eduardo da Fonte e acho que na próxima segunda-feira podemos avançar nas discussões que ainda estão pendentes. Vamos discutir o que é melhor, tanto para o governo de Pernambuco, como para a composição política que nós estamos fazendo”, disse.